Especialistas discutem impactos da mineração e alternativas para o desenvolvimento sustentável em regiões em desenvolvimento durante a IAIA 2019

Brisbane, Australia, 30 de Abril de 2019 - Recomendações chave para a restauração da saúde da Bacia do Rio Doce, severamente afetada após o rompimento da barragem de Fundão, serão apresentadas essa semana durante a Conferência anual da Associação Internacional de Avaliação de Impactos, IAIA 2019.

Area where the Fundão dam was located. 2017.

De 29 de abril a 2 de maio, especialistas do mundo todo estarão reunidos para discutir como as avaliações de impacto podem evoluir para responder aos desafios atuais e ajudar projetos de desenvolvimento e infraestrutura a incorporar boas práticas para a tomada de decisões e gestão ambiental.

Na sessão intitulada Sustentabilidade da Resiliência - Sustentabilidade ambiental em grandes projetos de mineração em regiões em desenvolvimento, experiências de diferentes países, incluindo o Brasil, mostrarão abordagens inovadoras que podem contribuir para o desenvolvimento regional e a conservação da biodiversidade, bem como para a diversidade sociocultural.

Recomendações delineadas no primeiro relatório do Painel do Rio Doce, Os impactos do rompimento da Barragem de Fundão : o caminho para uma mitigação sustentável e resiliente, bem como o mais recente documento do Painel sobre alternativas de desenvolvimento econômico, serão apresentados juntamente com experiências realizadas na Índia, Equador, África do Sul, Fiji e Papua Nova Guiné. Todos esses exemplos demonstram o importante papel que a governança ambiental e as parcerias multissetoriais em projetos de mineração podem desempenhar nessas regiões.

Luis Sanchez, membro do Painel Rio Doce, professor de engenharia de minas da Universidade de São Paulo e especialista em avaliação de impacto, e Stephen Edwards, Gerente Sênior do Programa da UICN e coordenador do Painel Rio Doce, apresentarão o complexo modelo de governança criado para tratar da restauração e reabilitação da bacia hidrográfica do Rio Doce após o rompimento da barragem de Fundão.  Os palestrantes também explicarão por que o painel do Rio Doce está adotando uma perspectiva de longo prazo que irá melhorar a sustentabilidade e resiliência dentro da bacia hidrográfica afetada.

IAIA, uma organização membro da UICN, é a principal rede mundial sobre melhores práticas na utilização da avaliação de impacto, uma ferramenta fundamental para a indústria da mineração e projetos de desenvolvimento em geral. Por conseguinte, a partilha de experiências dos países em desenvolvimento pode contribuir para melhorar estes processos e a adopção das melhores práticas no acompanhamento de grandes empreendimentos mineiros.

Mais informações sobre a conferência estão disponíveis aqui.

  

Go to top